Atenção

Fechar

Seta Bottom
Lei da Generosidade
Lei da Generosidade

Missão e Projetos

O Instituto Interagir e Educar foi criado em 2011 com a missão de auxiliar na educação de crianças e jovens de baixa renda e incentivar um senso maior de generosidade em nossa sociedade. Fundamentado academicamente, o Instituto Interagir e Educar criou e vem desenvolvendo o conceito de uma "Educação para Generosidade", como um caminho para um melhor desenvolvimento social de crianças, jovens e adultos de diferentes formas.

Clique aqui para acessar o trabalho acadêmico e sua respectiva fundamentação teórica que deu origem ao que chamamos de uma "Educação para Generosidade" e aos projetos que se sucederam.

De acordo com sua missão, o Instituto Interagir e Educar desenvolveu 4 projetos:

  • "Educação e Generosidade": Uma escola de valores e virtudes que oferece uma educação complementar á crianças e jovens de baixa renda de escolas públicas, com cursos de inglês, redação, leitura, interpretação de textos, complemento à matemática e demais matérias preparatórias ao ENEM.
  • "Generosidade em Família": Um programa que procura incentivar ações generosas de forma conjunta envolvendo Pais e Filhos, com destaque para a Vivência, Constância, Intensidade e Disciplina nas ações praticadas.
  • "Virtudes Premiadas": Um projeto que visa incentivar com prêmios, crianças e jovens que demonstrem Valores e Virtudes que possam contagiar nossa sociedade.
  • "Lei da Generosidade": Propõe ao Estado, através de uma Lei, incentivar um senso maior de Generosidade e aproximação entre ricos e pobres.

Como Ajudar?

Para que possamos evoluir com os projetos do Instituto Interagir e Educar, precisamos de sua participação e apoio.

Como?

  • 1) Contribuições financeiras: Auxílios financeiros são fundamentais para evoluirmos com os projetos do Instituto. Clique aqui e conheça nossa Política de Patrocínio e auxílios financeiros de Pessoas Físicas e Jurídicas.
  • 2) Atividades Voluntárias: Um pouquinho do seu tempo com Constância e Disciplina. Escolha o que se adapta melhor ao seu perfil.
  • a) Visitar uma vez por semana, por 2 horas, uma unidade do projeto para debater um tema da atualidade com os alunos ou se for professor, auxiliar tecnicamente em alguma matéria.
  • b) Auxiliar no contato com os Pais dos alunos, com visitas periódicas em suas casas, para motivar as famílias com o estudo do filho e também no desenvolvimento de Valores e Virtudes no contexto do programa Generosidade em Família.
  • c) Tornar-se "Padrinho Acadêmico" de uma criança ou jovem com ligações telefônicas ou conversas presenciais periódicas, com o objetivo de motiva-los nos estudos. "Não são conversas técnicas, apenas motivacionais que todos os voluntários podem oferecer".
  • d) Ajudar na organização de rifas, venda de produtos, contato com pessoas e/ou outras formas de arrecadar recursos aos projetos.

Constância e disciplina são fundamentais para todas as atividades voluntárias propostas. A equipe do Instituto oferecerá também apoio técnico e direcionamento conforme o perfil do voluntário.

Venha ajudar a construir estes projetos conosco e um futuro melhor para nossos filhos, netos ou bisnetos. Se queremos uma sociedade melhor, precisamos começar por nós mesmos!

MINHA CIDADE

Como ter o Instituto Interagir e Educar atuando em minha cidade?

  • 1) Como trabalhamos fundamentalmente com estudantes de Escolas Públicas, o primeiro passo é promover uma reunião com a Secretaria de Educação de sua cidade.
  • 2) Caso o Prefeito e a Secretaria de Educação tenham interesse pela implantação dos Projetos Educação e Generosidade, Generosidade em Família, Virtudes Premiadas e eventualmente também a proposta Lei da Generosidade em sua cidade, o Instituto Interagir e Educar poderá fazer um investimento de R$ 50 mil para montagem de uma estrutura de máquinas e equipamentos para atender até 150 crianças e jovens de baixa renda exclusivamente de escolas públicas. Crianças e Jovens com muita vontade de estudar mas pouca oportunidade.
  • 3) Para o desenvolvimento dos Projetos do Instituto em sua cidade, serão necessários a prefeitura oferecer um Local Físico a ser avaliado conjuntamente e ceder 2 ou 3 profissionais competentes de seu quadro de funcionários que receberão treinamento técnico e direcionamento para desenvolver as atividades dos projetos.
  • 4) Toda a coordenação, acompanhamento técnico/operacional e manutenção de máquinas e equipamentos será realizada por profissionais do Instituto Interagir e Educar.
  • 5) A Secretaria de Educação deverá ser responsável pela seleção dos alunos que serão atendidos pelos projetos do Instituto. O processo de seleção dos alunos deverá ser 100% meritocrático por Notas e Conceitos dos professores. De 5 a 10% das vagas poderão ser preenchidas por crianças e jovens que apresentem alto nível de vulnerabilidade social.
  • 6) Semestralmente são feitas avaliações comportamentais em conjunto com a secretaria de educação, diretores e coordenadores das escolas com base em um prontuário eletrônico dos alunos oferecido pelo Instituto Interagir e Educar e que permite um acompanhamento conjunto do processo de desenvolvimento dos alunos.

PATROCÍNIO

O principal diferencial dos projetos oferecidos pelo Instituto Interagir e Educar é a relação Custo - Investimento - Resultado. São projetos comprovadamente de Alto Impacto Social e Baixo Custo de Implantação e Manutenção. Aproximadamente R$ 60,00 mensal por criança ou jovem atendidos pelos projetos. Acesse o website dos projetos para conhecer os Indicadores e Resultados Apresentados e Comprovados.

Para o desenvolvimento dos projetos do Instituto Interagir e Educar temos basicamente:

  • 1) Investimento de R$ 50 mil que contempla 40 a 50 computadores e notebooks para o desenvolvimento das atividades, projetores, tablets, equipamentos de rede, mesas, cadeiras e adequação do ambiente. Utilizamos computadores e notebooks de reposição da indústria com preços e performance excelentes.
  • 2) Custo de Manutenção Mensal de aprox. R$ 6 mil, 80% referente ao custo dos profissionais técnicos de coordenação, desenvolvimento das atividades, acompanhamento e 20% referente a manutenção operacional da estrutura.
  • Prestação de contas:

    Pessoa Física:

  • 1) Doação de R$ 60,00 a R$ 499,00 / mês : Recebe mensalmente o extrato bancário do Instituto com demonstração de entradas e saídas de recursos por e-mail ou WhatsApp.
  • 2) Doações mensais superiores a R$ 500,00 / mês: Além do extrato bancário e demonstrativo mensal de entradas e saídas de recursos, recebe também semestralmente uma visita ou ligação telefônica do diretor geral do projeto para explicações detalhadas sobre a evolução do projeto.
  • Pessoa Jurídica:

  • 1) Patrocínio Master: Montagem da Estrutura com investimento de R$ 50 mil + R$ 5 mil / mês de manutenção, com o nome da Empresa e integração social de seus funcionários se houver o interesse, com a sede de funcionamento do projeto.
  • 2) Patrocínio Sênior: Investimento de R$ 10 mil + R$ 1 mil a R$ 4 mil / mês de manutenção com o nome da Empresa na sede de funcionamento do Projeto e material de trabalho.

MENSAGENS

A lei da generosidade é uma alternativa concreta para melhorar a desigualdade do mundo em que vivemos. Parabéns!

Existem projetos que fazem a diferença, mas poucos estão realmente focados em reduzirem as diferenças!

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

A seguir o trabalho acadêmico e sua respectiva fundamentação teórica que deu origem ao que chamamos de uma "Educação para Generosidade" e aos projetos do instituto Interagir e Educar .

Dissertação:

Artigos:

ESTRATÉGIA E OPERAÇÃO

Estratégia:

Os problemas da Educação no Brasil são diversos. Muitos apontam problemas na formação dos professores, outros apontam problemas nas estruturas das escolas, entre outros... É certo que a burocracia do Estado e a alternância democrática das lideranças nos municípios, estados ou na federação, geram também problemas de continuidade, além de conhecidas desavenças político-ideológicas.

Como uma entidade do terceiro setor, sem fins lucrativos e sem nenhum viés político ou ideológico, a estratégia adotada pelo Instituto Interagir e Educar é, em parceria com os Municípios, oferecer um complemento educacional aos alunos que demonstram muita vontade de estudar, mas pouca oportunidade. Trabalhar Valores e Virtudes através de Exemplos vindos dos próprios alunos e de suas respectivas famílias é também parte integrante e fundamental do processo.

Escolher os melhores alunos, não se trata também de insensibilidade com os piores. Apenas uma questão de foco e prioridade, diante do pouco recurso que temos. Observarmos que a forma de trabalho e motivação com os alunos que não demonstram vontade de estudar deva ser diferente daqueles que demonstram grande vontade de se desenvolver nos estudos. Enfim, os problemas e dificuldades na Educação são diversos e devemos atacar de forma compartimentada para que possamos obter melhores resultados.

Estudantes bons e estudantes ruins, com vontade ou sem vontade de estudar por diversos motivos, existem em qualquer País do mundo. No entanto, se existe algo que Países desenvolvidos com os EUA não fazem, é desperdiçar os seus melhores talentos como fazemos a todo momento nos diversos municípios do Brasil.

Além de oferecer melhores oportunidades educacionais aos melhores alunos do município em que atuamos, oferecermos também uma formação voltada a Valores e Virtudes, de forma que no futuro, estes melhores alunos, possam se tornar grandes agentes de mudança em seus respectivos ambientes sociais em suas cidades natal, mesmo que não residam mais na cidade.

Esta é a estratégia trabalhada pelo Instituto Interagir e Educar com resultados que aos poucos vêm sendo comprovados através de alguns indicadores que você pode acompanhar diretamente na página dos Projetos Educação e Generosidade, Generosidade em Família, Virtudes Premiadas e Lei da Generosidade.

Imagem Estrategia

Operação:

Além de utilizar as melhores plataformas tecnológicas de ensino-aprendizado como Geek, Descomplica, Super Professor, Duolingo, Prezi, além de sistemas e processos próprios de acompanhamento, garantimos o funcionamento de um parque de Máquinas e equipamentos que tenham o máximo de performance em uma excelente relação custo-beneficio.

É possível dizer que esta forma de gerir a operação é um dos principais diferenciais estratégicos do Instituto Interagir e Educar. Algo pouco provável de Estados ou Município gerirem com a mesma eficiência diante das diversas amarras burocráticas que tornam os processos públicos ineficientes e custosos.

Para tanto, utilizamos uma forma de manutenção remota de máquinas e equipamentos através de um sistema de monitoramento a distância conhecido como Team Viewer. Veja na figura como funciona o processo:

Imagem Team Viewer

EQUIPE

C.V.
C.V.
C.V.

Advogado inscrito na OAB/SP 166.533, Sócio da Locatelli e Locatelli Sociedade de Advogados, Graduado em Ciências Jurídicas e Sociais pela PUCCAMPINAS em 1998; Master of Laws (LLM) em Direito Societário pelo INSPER (2014); Pós graduado em Direito Empresarial pelo INPG - Faculdade Castelo Branco (2003).

C.V.

Mestre e Doutora em Educação pela UNICAMP e licenciada em Letras Inglesas pela PUCCAMP. É Especialista em Linguística e Bacharel em Psicanálise pela Sociedade Psicanalítica Ortodoxa do Brasil, do Rio de Janeiro. Possui Certificado de Operational Competence in English, expedido pela Southern Illinois University at Edwardsville. Tem atuado no Magistério Universitário, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras N. S. de Patrocínio, em Itu, na Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Moji-Mirim e na Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Participou em Projetos de Pesquisa de Estudos do Discurso do CNPq. É autora de artigos acadêmicos publicados nos livros: Representações do Masculino (Editora Alínea, 2008), Representações do Feminino (Editora Átomo, 2003) e na revista Letras (PUC-Campinas, 25 anos, vol.26, nº2, 2007). Tem textos literários publicados em antologias: Poemas Anárquicos (Editora Guemanisse, 2007), Olhares Escritos (Editora Guarajás, 2005), Convergentes (Editora Guemanisse, 2007). É autora da obra infantil O Peixinho Prateado e o Gatão Branco (Editora Pontes, 2012) e de traduções de livros infantis (Editora Girassol Brasil).

C.V.

Formada em Marketing e com especialização em marketing digital, atua desde 2008 como Sócia-Diretora de Arte e Planejamento da Prodweb sendo responsável pela Agência Digital. Tem como foco de trabalho e estudo, a comunicação digital e as interações sociais na web. Atua na direção das equipes de design e marketing com projetos que unem arte, comunicação e tecnologia.

C.V.

Com formação na área de Sistemas de Informação, atua há 12 anos como desenvolvedor Web com utilização de linguagens, como: PHP, ASP, JAVA e bancos de dados MySQL, PostgreSQL, Oracle e SQL Server. De 2002 a 2007, atuou como professor e coordenador de curso técnico de informática do Colégio Graham Bell (RJ). Em 2005, elaborou dois livros didáticos para o ProJovem. Desde 2008 atua como Sócio-Diretor de Projetos de Sistemas da Prodweb desenvolvendo projetos web e mobile: CMS, e-commerce, CRM, sites e portais, EAD e Sistemas de Gestão/ERP.

C.V.

Pós-graduado pela Universidad Austral, em Buenos Aires, Argentina, atua como orientador e educador familiar, além de palestrante em escolas como Vértice, Colégio Catamarã, entre outras. Cirurgião Dentista graduado pela Universidade de São Paulo – USP e Pós-Graduado em Reabilitação Neuroclusal – RNO pelo Instituto Planas Dentoclinic de Barcelona – Espanha.

C.V.

Ana Beatriz Lopes Lancha é jornalista com experiência em mídias educativas e comunitárias, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e mestranda em "Arte, educação e história da Cultura" pela mesma universidade.

C.V.

Marcelo Dias é jornalista, com experiência em mídias educativas e programas de treinamento. Formado pela Universidade Anhembi Morumbi e com especialização em marketing pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.